Se você é apaixonada por Dança do Ventre você tem que saber quem foi Oum Kalthoum… a maior cantora egípcia do mundo árabe de todos os tempos e também conhecida como “Estrela do Oriente”

Oum Kalthoum é o nome artístico de Fatima Ibrahim al-Biltaji, nascida em meados do século XX, em El Senbellawein no Egito.

O nome "Om" significa mãe em árabe e com certeza ela foi mãe das músicas árabes mais lindas.
Você irá encontrar o nome dela escrito de diferentes formas e todas estão corretas, são apenas versões fonéticas diferentes do mesmo nome.
Oum: Um, Umn, Om ou Omn. 
Kalthoum: Koulsoum, Kulthum, Khalthoum.

Oum Kalthoum nasceu por volta de 1904 numa pequena vila, vinda de uma família simples. Na sua infância aprendeu a recitar o Alcorão e a cantar incentivada pelo seu pai, que era líder religioso e fazia apresentações em casamentos e celebrações acompanhado de seus dois filhos, Oum e seu irmão.

Aos 16 anos começou a aprender músicas de repertório clássico e quando completou 19 anos a família se mudou para o Cairo onde na época era o centro dos negócios da indústria de entretenimento. Onde teve oportunidade de se aperfeiçoar e estudar com grandes poetas da sociedade.
O pai sempre a incentivou em sua carreira artística por muitos anos, contratando professores de música e acompanhando-a em seus shows mesmo havendo preconceito dos egípcios com profissionais da arte.

Em 1926, Oum Kalthoum contratou pela primeira vez músicos profissionais para acompanhá-la cantando em suas apresentações.
Durante os anos 20 e 30 gravou diversos comerciais de TV e inaugurou a Rádio Cairo com sua voz e foi ficando cada vez mais conhecida ganhando popularidade.

Em 1930 suas músicas falavam de amor e tinha um programa na rádio e logo estreou no cinema como atriz e cantora.

Sua carreira teve diversas fases, em alguns momentos suas músicas eram inspiradas pelos músicos e compositores que a conhecia, outras vezes estava relacionada à situação social e política do Egito.

A década de 40 ficou conhecida como “A era de ouro de Oum Kathoum”, suas músicas passaram de românticas modernas para músicas que elogiavam as classes trabalhadoras, envolvendo nas composições música e poesia.

Sua influência foi tão grande chegando a ter representação religiosa e política. Em 1944, Oum Kalthoum chegou a ser condecorada pelo rei Farouk I com seu mais alto nível de ordem e alguns anos depois também ganhou a admiração de Gamal Abdel Nasser, que seria o presidente do Egito.

Ela teve vários problemas de saúde que afetaram sua carreira em 1946, uma delas era sua preocupação com sua voz que a levou a sofrer de depressão e se agravou após a morte de sua mãe e irmão e o rompimento de seu relacionamento amoroso.
Devido a forte iluminação dos palcos começou a ter problemas nos olhos o que a levou a tomar a decisão de usar óculos escuros em suas apresentações.

Nos anos de 1950 e 1960 iniciou sua parceria com Mohamed Abdel Wahab e em 1964, eles produziram uma de suas canções mais conhecidas no mundo todo, "Enta Omri” (você é minha vida). Sendo a primeira de dez canções que Mohamed Abdel Wahab escreveu para Oum Kalthoum.

Durante os anos de 50 e 60 começou a se envolver com causas sociais ligadas à arte e música, solicitando ajuda governamental para música e músicos do Egito. Fazia concertos dentro e fora de sua terra para arrecadar fundos para suas causas e doando os resultados obtidos.
Ela se tornou muito conhecida como a Voz e Rosto do Egito.

Com a idade seus problemas de saúde se agravaram levando a morte em fevereiro de 1975. Ela se tornou tão famosa que seu funeral foi adiado em dois dias para poder receber milhares de fãs vindos de diversos países árabes.

A maioria das músicas de Oum Kalthoum são tão famosas hoje quanto eram naquela época.
Os seus shows podem ser comparados com grandes óperas, tinham a duração de 3 a 4 horas onde eram cantadas duas a três canções.
As músicas que dançamos hoje são versões modernas e modificadas para performances de bailarinas de dança do ventre.

É de extrema importância que toda bailarina conheça a história e as músicas de Oum Kalthoum, entre as mais conhecidas são Alf Leila We Leila, Ana Fintezarak, Ente Omri, Fakarouni, Leilet Hob e Lessa Faker. Assista aqui embaixo e aproveite para seguir no Canal do Youtube para mais conteúdos de Dança do Ventre:

Samya Farhan

  • 1

Conteúdo VIP

Insira o seu nome e endereço de e-mail abaixo para receber gratuitamente as atualizações do blog!